15 dezembro, 2008

Surprise!

Hoje fizemos uma festa para a Helô. Uma festa surpresa, como está sugerindo o título. Sério, foi muito MARA. 
Primeiramente, eu saí com ela pro grandioso shopping de São Leopoldo. Enrolei ela pra caramba. E aí começou a dar erro. Inicialmente, pq a guria não queria ligar pra mãe dela buscá-la. E o combinado era que a mãe dela não teria como buscar ela, então eu daria uma carona pra ela. Então ela ligou. Ok. Mas o irmão dela atendeu e ela deixou um recado pra mãe dela. Ou seja, a mãe dela não pode dizer que ela teria que pegar carona. Resumindo, uma confusão. Para tentar resolver, eu fui ao banheiro e tentei ligar para a Cons, que se encontrava na casa da Dona Heloísa organizando a festa. Como eu estava em um espaço que muito bem a Helô poderia estar do meu lado, eu falei MUITO baixo e então ouvi a Cons gritando: "ELAS TÃO CHEGANDO!!" e desligou. Putis grill ¬¬ HSUAHSUAHUSHA
Até que a gente conseguiu acertar as coisas, convencer a Helô a pegar uma carona comigo. Quando chegamos na casa dela, eu pedi para usar o banheiro dela (¬¬ sim, que desculpa) e TCHANAN! *SURPRESA!*  Foi lindo. Sério. Simplesmente LINDO. Depois que todos se abraçaram, foi a vez da Cons ler seu discurso. Eu já tinha lido o texto, mas o momento foi muito emocionante. Claro, não me contive e caí em lágrimas. Não sei se era de dor ou de felicidade. De dor pela minha amiga estar indo embora, mas de extrema felicidade por estar ali com toda aquela gente maravilhosa que eu amo muito. Foi emocionante.
E assim seguiu a festa. Com comida, gritaria, Vargas exibindo seu laptop e etc ;X
Ah, ganhei um presente de natal do Igor. Bem MARA. Obrigada, Igor :)

Só para finalizar: Helô, eu te amo demais, guria! Tu pode ter certeza que tu vais fazer muita falta e que teu lugar jamais será reposto por alguém. Eu sei que no começo do ano tu não gostava muito de mim. Talvez pelo medo de perder a amizade da Cons. Eu sei como é isso. Sempre aconteceu comigo isso e por isso, fiz questão de parecer sociável e ficar próxima de ti. Descobri que Heloísa Rubim Moraes era mais que uma guria qualquer. Era e é uma amiga sem igual. Reclama da gravidade (o que é meio estranho, né. Tipo, sem gravidade tu não poderia viver, eu acho.), tem piadinhas infames e, MUITO IMPORTANTE, tem 39 tiaras :O OH, GOSH! Tá, chega. Antes que eu chore.

PS.: O texto tá meio ruim, mas sei lá. É o que saiu do coração e é melhor assim. Editar demais tira a preciosidade e a simplicidade do texto.

beeijos,
Natália.

3 comentários:

Helô ;D disse...

Ai meu deeeeeus NATI *-*
você definitivamente foi a que mais me enganou MESMO. Me fez dar trezentas bilhoes de voltas no gigantesco shopping de SL e depois me deu uma carona, contra minha vontade, claro HSUAHAUSHU.
Mas séério OBRIGADA POR TUDO, foi muito lindo MESMO MESMO MESMO (L)

/sweet-Bruxicide disse...

na verdade, sem gravidade a Helo estaria flutuando por aí, no vácuo, atazando os passarinhos!
;D

ps:o endereço do blog mudou \o/

Natália Scholz disse...

não só ela! SHUAHSUAH