04 dezembro, 2008

Uma viagem de trem*

            Dias atrás tive a oportunidade de fazer uma viagem de trem. Não bem uma viagem. Uma ida a Porto Alegre, para ser mais específica. Estes passeios sempre me deixam entediada, fazendo com que eu apele a ouvir meu mp3 ou, até mesmo, que eu leia um livro. Para a minha má sorte, na volta, o trem estava lotado e precisei ficar de pé, escutando músicas e observando pessoas ao meu redor. Acabou sendo mais interessante do que eu esperava.

            Observei pessoas novas, velhas, cansadas, animadas, com sacolas de compras ou pastas de trabalho. Cada um de um jeito único e inquestionável. Isto me levou à reflexão. Havia muitas pessoas ali. Cada uma com um objetivo. Mas todas ligadas umas nas outras. Todos unidos por estarem no mesmo trem, na mesma hora.      Quem me prova que o jornal que leio hoje não foi escrito pelo senhor de barbas grisalhas sentado à minha frente? Parece haver uma corrente entre nós. Minhas ações refletem na vida dos outros, como diz uma velha canção conhecida minha: “Quando tu ris, o mundo todo ri contigo!” E o que causa a minha indignação é ver que muitos não se tocam disso. Estamos tão cegos a fim de alcançar nossos objetivos, que nada importa além de nós mesmos.

            Então, entramos em um trem. Cansados, com sacolas de roupas e peixe que compramos no Mercado Público. E, finalmente, percebemos o que é uma sociedade. O que é viver em grupo e fazê-lo ser o melhor possível. Espero ter mais viagens de trem, para ver o mundo em um ângulo que não encontro na internet ou na televisão. Quero que me observem no vagão lotado em um final de dia e reflitam sobre a vida. Dar jus à corrente que nos liga.




*Texto participante do Concurso de Crônicas do Colégio Sinodal, São Leopoldo- 2008 e ganhador da 3ª posição do nível 8ª série/1º ano
PS.: Eu já havia feito um rascunho dessa crônica aqui no blog. Só o aprimorei para o concurso.

->Agradecimentos: Aos meus pais, que me incentivam na leitura e aos meus amigos, que me ajudam em todos os momentos. Em especial, o pessoal da biblioteca. Sério, muito obrigada por tuudo ;)

xoxo

2 comentários:

Cons :) disse...

"Em especial, o pessoal da biblioteca." Ai que lindo, eu sei que tu tava se referindo principalmente a mim, hehe :D
Brinks.
Mas acho que merecia o primeiro lugar, hein.
(A crônica, não eu nos agradecimentos, foi o que eu quis dizer)

natália disse...

HASUHSUAHUS Pessoal da biblioteca=quarteto + pessoal do 2º :)