31 dezembro, 2011

E vem mais um ano


E o ano, enfim, chega ao seu final. Acho engraçada toda essa comoção de virada de ano. Como se amanhã fôssemos acordar pessoas diferentes, com objetivos concretos. É como a velha piadinha sobre iniciar uma dieta: "começo na segunda". Por que? Por que não começa hoje?

O ano novo não vai fazer mágica, ele não tem personalidade própria. A verdade é que o mundo não mudou, só completou mais uma translação. Então por que toda essa festa para virar um calendário? Acontece que as pessoas precisam disso. A gente chega em momentos que precisamos mudar o rumo de nossas vidas, recomeçar. O ano novo sempre aparece como uma oportunidade para isso e acredito que isso seja maravilhoso.

Acreditar que o ano vai ser melhor, que tu vais perder uns quilos que estão sobrando, que tu vais mudar de atitude, vais andar com gente diferente... São muitos desejos postos nas costas de algo que nem tem vida própria. O ano não é uma pessoa, tanto é que ele não faz nada. Quem faz um ano memorável são as pessoas, seja por ações positivas ou negativas. Então pare de esperar que o ano seja bom. Seja tu uma pessoa boa, honesta, verdadeira e animada. Já disse no outro post que não vale a pena gastar tanto tempo com tristezas. Sim, a vida nem sempre é um mar de rosas. Pessoas amadas morrem, tragédias acontecem, famílias colapsam. Nada é perfeito. Mas tudo se compensa nos momentos de alegria, naqueles momentos que tu desejaria congelar para sempre. Se tu tem um momentos desses no ano que agora se vai, saiba que seu ano foi bom.

A vida é tão curta, tão frágil. Qualquer deslize e ela se vai. É, sou jovem ainda, mas ainda lembro de quando imaginava como seria minha vida em 5 anos e aqui estou, talvez decepcionando a antiga eu, mas feliz.

Que a passagem do calendário seja apenas uma desculpa para a mudança e que a próxima mudança (que certamente virá) não precise esperar 12 meses de novo. Todo dia é dia de recomeçar.

Feliz ano novo!
Beijos da Natália

3 comentários:

O Cercadinho disse...

Seguido leio o teu blog, interessantes teus posts.
Te escrevo para divulgarmos nosso blog, ainda está em processo de expansão. Se quiser nos acompanhar e dar umas risadas: www.o-cercadinho.blogspot.com
Será um prazer te ter nos visitando lá. O que é O Cercadinho? Segue uma apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada.
Neste blog, somos cinco homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Heitor faz o estilo confuso e rebuscado. Apaixonante e cafajeste, este é Wanderlei. Já Cebola faz o estilo 100% sincero e sem rodeios. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. E Marcão, bom, esse é trash total. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê

José María Souza Costa disse...

CONVITE

Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples.
Mas, leve e dinamico. Palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
Abraços do
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Anônimo disse...

Nem tenho blog, mas li teu post, rs.
ODAYO café.